Ter a liderança E ser uma boa líder

Uma das percepções que tenho como professora é que um dos principais desafios do ATS® para minhas alunas é pegar a liderança e ser LÍDER. Para mim, isso permeia por vários aspectos de cada uma de nós.

Passando por leituras por aí, me deparo com o trecho abaixo:

Embora uma líder desempenhando um papel da sacerdotisa possa introduzir uma dança, uma vez que esta tem início, o grupo passa a participar e a criação se torna colaborativa. […]. Ela (a sacerdotisa) pode ser a iniciadora, mas compartilha o seu papel de liderança – a sua responsabilidade pela dança pelo ritual – com as outras. Na realidade, para a finalidade das nossas danças, o papel de liderança da sacerdotisa pode ser passado de um membro do grupo para outro, seja dentro de uma dança específica ou com outra mulher se tornando a líder no ritual de dança comunal seguinte.

“A Dança do Sagrado Feminino” de Iris J. Stewart

Mas o que isso tem a ver com o ATS®, né?

Para mim, esse trecho me inspira em saber que ser LÍDER não é um papel realizado de forma solitária. Ninguém pega a liderança no ATS® e dança como se não houvesse mais ninguém. Todo trabalho é apoiado por uma legião imensa de mulheres que estão por trás dessa LÍDER.

ATS® e sua liderança. Medieval SC 2016
Liderança e toda legião por trás de nós. Em cena: Ämbar Tribal Dance. Evento Festa Medieval SC | 2016

Essa legião inicia diretamente pelas seguidoras que estão ali dançando com a LÍDER, seja mais uma, como nas duplas, duas ou três, como nos trios e quartetos, respectivamente. Em seguida, há por trás desta LÍDER todas as mulheres que dançam o ATS®, as quais podem estar no coro ou não. Ou seja, estarão em qualquer parte desse mundo nos fortalecendo e sendo parte de nossa dança.

Dança Tribal ATS® Liderança compartilhada Evento Oriental Floripa 2016
Ser líder e curtir a dança. Em cena: Ämbar Tribal Dance . Evento Oriental Floripa | 2016

Por isso, meus amores, não exitemos, nossa liderança é cheia de força e proteção. Sei que temos muitas coisas a serem superadas para que a liderança seja confortável e segura. Uma delas é dançarmos muito, em nome de nós mesmas e com todo nosso amor, que o resto nos chega com naturalidade e alegria.

Você já pegou a liderança? Como foi para você?

Beijos,

Cintia Vilanova | Professora FCBD® Sister Studio de ATS®

AULAS REGULARES | WORKSHOPS | SHOWS

Florianópolis . Santa Catarina (SC) . Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: