A dança Kathak e o ATS®

Oies, bom dia, meus amores!

Voltei aqui hoje para iniciármos nossa jornada pela dança Kathak, uma das danças que compõem a inspiração para a criação do senso técnico e estético do ATS®. Antes de tudo, saibam que troquei emails com a Carolena Nericcio para saber um pouco mais sobre essa relação e também pedir sua permissão para externalizar, em texto, minhas impressões a partir de observações.

Eu nunca pratiquei o estilo, pois aqui em Florianópolis não existe professora ainda, mas quero poder me envolver mais na prática dele.

Bom, chega de xurumelas e vamos ao Kathak.

No geral da busca, obtive na simplicidade que

O Kathak é uma das oito danças clássicas da Índia. Suas origens rementem-se aos bardos nômades do norte da Índia, conhecidos como Kathaks ou contadores de história.

Os Kathakars apresentavam as histórias através de movimentos rítmicos dos pés, gestos com as mãos, expressões faciais e um impressionante trabalho olhos.[1]

Nas perfomances, em que se incorporam lendas da mitologia antiga e grandes épicos indianos, especialmente da vida do Senhor Krishna, tornou-se bastante popular nas cortes dos reinos do norte da Índia.[1]

Um informação importante das danças indianas é que elas constam todas nos textos em sânscritos hindus sobre artes performáticas, tais como a dança, a música e o teatro, os quais compõem o livro sagrado “Natya Shastra”.

Nesse livro, poderemos encontrar informações detalhadas das danças na teoria, tais como posturas, gestos, deslocamentos e por aí vai.

Posteriormente, com a Era Mughal, os Kathaks passam a realizar improvisações na dança original, pois a mesma é solicitada para servir como entretenimento aos membros das cortes naquele momento.

Mais pra frente, podemos entrar nesse aspecto da história dessa dança, tá? Pois isso causou grandes mudanças, inclusive estética no Kathak, uma vez que a mesma se adequou ao que a “clientela” exigia. Algo que várias danças clássicas indianas passaram em suas histórias.

Nesse post, nos atentaremos para identificarmos as conexões do ATS® com o Kathak, ok? Então, bora começar com o visual do estilo, obserando as duas fotos abaixo.

2018.11.20.ats.dancers.rebeca.pineiro
Fonte: Página Facebook Campo das Tribos. Dançarinas de ATS®: Rebeca Piñeiro, Kristine Adams e Philippa Moirai[4].
2018.11.20.kathak.dancer
Fonte: Learn Kathak On Line.
2018.11.20.sharmila-sharma-spin
Fonte: Famous Kathak Dancers[3].
2018.11.20.kathak.dancer.suica
Fonte: Namaste Switzerland[2].

Bom, amores, seguimos com essa observação. Para o próximo post, trarei minhas observações minusciosas sobre as conexões das duas danças, tá? Por enquanto, vou deixar um vídeo aqui também para vocês poderem se inspirar junto comigo!

 

Até loguinho com mais um passo na nossa caminhada de aprofundamento da nossa dança!

Mil beijos encantados com a elegância e a leveza do Kathak.

15

Cintia Vilanova

Professora FCBD® Sister Studio de ATS®

AULAS REGULARES | WORKSHOPS | SHOWS

Florianópolis . Santa Catarina (SC) . Brasil

 

Ah, quero pedir desculpas por não soltar um post na semana passada, tá? eu realmente não consegui conciliar as agendas.

Fontes consultadas:
[1]. Cultural India

[2]. Namaste Switzerland

[3]. Famous Kathak Dancers

[4]. Campo das Tribos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: